As 12 escadas mais assustadoras do planeta


ESCADA DA CACHOEIRA PAILON DEL DIABLO, EQUADOR

A escada esta adjacente à cachoeira Pailon del Diablo (Caldeirão do Diabo, em português), e foi projetada para se integrar à paisagem tropical ao redor. Como estão proximos e recebem pingos da queda d'água, os degraus podem ser um pouco perigosos. É bom tomar cuidado!

HALF DOME, ESTADOS UNIDOS

O Half Dome é o pico mais famoso do Vale de Yosemite, no estado da Calfórnia. Para chegar lá, é preciso encarar uma caminhada de 11 quilômetros. A longa e assustadora trilha passa por uma escadaria escullpida em pedras, bastante inclinada e sem corrimão para apoiar.

CAVERNAS DE BATU, MALÁSIA

Este é um dos locais sagrados mais importantes para a religião Hindu fora da Índia. Localizado a cerca de 12 quilômetros de Kuala Lumpur, o templo fica dentro de uma caverna acessível por meio de uma longa escada. Com degraus e corrimãos firmes, o desafio é chegar ao topo enquanto desvia dos ligeiros macacos que vivem no lugar e tentam roubar os pertences à mostra dos visitantes.

MOUNT HUASHAN HEAVENLY STAIRS, CHINA

Algumas escadas foram esculpidas nas paredes da sagrada montanha taoista. As imagem provocam vertigem até mesmo nos mais corajosos. Após uma grande série de degraus, é preciso passar por uma espécie de ponte formada por estreitas tábuas de madeira, fixadas na lateral do monte. Para se segurar, apenas algumas correntes estão disponíveis.

ESCADAS INCA, PERU

Em Machu Picchu, há uma longa e estreita escada de pedra que foi esculpida há mais de 500 anos na lateral da montanha Huayna Picchu (aquela que aparece em praticamente todos os cartões-postais do monumento). Apesar de serem assustadores, os degraus proporcionam uma vista exuberante para o santuário Inca.

DEGRAUS EXORCISTAS, ESTADOS UNIDOS

Uma das quedas mais assustadoras do cinema ocorreu no filme "O Exorcista" (1973) sobre estas escadas situadas no final da M Street, no bairro de Georgetown, em Wahington D.C. Muitas pessoas procuram o local para recriar a cena da morte do personagem do padre Karras.

ESCADAS HAIKU, ESTADOS UNIDOS

Conhecida popularmente como "Stairway to Heaven", esta escadaria com exatos 3.922 degraus chega ao topo da cadeia de montanhas de Oahu Ko'olau, no Havaí. O local é tão perigoso que, em 1987, passou a ser ilegal subi-lo, sob o risco de ser impedido por um guarda. A travessia foi construída em 1942 pela Marinha dos Estados Unidos e, após a Segunda Guerra Mundial, ficou popular entre aventureiros que buscam adrenalina.

ESCADAS FLØRLI, NORUEGA

A Estação de Energia Flørli, na Noruega, é ponto de partida para diversas trilhas nos arredores da cidade de Lysefjord, e as escadas do local são parte do roteiro. Seus exatos 4.444 degraus e 739 metros de comprimento colocam a travessia como as escadas de madeira mais extensas do mundo.

MOANING CAVERN, ESTADOS UNIDOS

Escadas em espiral já são confusas de descer por si só. Agora imagine uma destas com 30 metros de altura e construída há quase um século. A estrutura dá acesso à úmida Moaning Cavern, uma das maiores grutas subterrâneas verticais abertas ao público do mundo, com 124 metros de profundidade - espaço suficiente para abrigar a Estátua da Liberdade, por exemplo.

ESCADARIA SOBRE O MAR, ESPANHA

Localizada na ilha de Gaztelugatxe, esta escadaria foi construída para ligar a o destino á parte continental do país. A travessia de 237 degraus dá acesso à Igreja de San Juan de Gaztelugatxe, datada do século 10. Como é estreita, algumas pessoas que escalaram a escada rochosa disseram que se sentiram como se estivessem caminhando acima do mar.

STAIRWAY TO HELL, JAPÃO

A abandonada ilha industrial de Hashima pode acelerar o coração dos menos corajosos, com suas assustadoras ruínas. O local abriga a escada conhecida como Stairway to Hell (Escadaria para o Inferno, em português), uma das passagens mais movimentadas na época ativa da cidade japonesa.

OBSERVATÓRIO JANSSEN, FRANÇA

Pouco movimentado, o Observatório Janssen conta com uma extensa escada para chegar ao seu topo. No inverno, esse caminho até uma das montanhas mais altas dos alpes franceses, o Mont Blanc, pode se tornar muito difícil, com ventos fortes e baixas temperaturas.

Mundo MS Inc.

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.