16 dos rios mais incríveis do planeta

Rios compondo paisagens deslumbrantes não é nada raro de se ver, mas nós fomos à fundo e selecionamos 16 exemplos de paisagens fluviais de tirar o fôlego.

Caño Cristales 

Águas cristalinas e uma variedade de algas coloridas são duas das características que fazem com que o Caño Cristales, na Colômbia, seja conhecido como o rio mais bonito do mundo. Ele é parte do Parque Nacional Sierra de la Macarena. 

Mario Carvajal - Wikimedia Commons

Rio Sarre 

Entre o nordeste da França e o sudoeste da Alemanha, o Rio Sarre percorre 246 quilômetros. O local flagrado na imagem mostra uma incrível curva no leito que obriga o rio a mudar bruscamente de direção. 

Wolfgang Staudt - Flickr (Creative Commons)

Yang-Tsé-kiang 


Com 6.300 metros de comprimento, o Yang-Tsé-kiang é o maior rio da Ásia e, consequentemente, da China, onde está localizado. Suas águas são usadas para movimentar a Hidrelétrica das Três Gargantas, a maior do mundo em energia gerada. A imagem mostra Qutang Gorge, considerada a mais espetacular das três gargantas. 

Tan Wei Liang Byorn - Wikimedia Commons

Rio Li 


Ainda na China, graças à espetacular paisagem montanhosa das suas margens, o Rio Li, localizado localizado na região autônoma de Guangxi, é bastante procurado por turistas, além de ter sido inspiração para a nota chinesa de 20 iuanes. 

Dariusz Jemielniak - Wikimedia Commons

Rio Colorado 


Um dos principais rios dos Estados Unidos e o principal da região sudoeste - e também do nordeste mexicano -, o Rio Colorado, com seus 2.330 km, possui inúmeros cartões postais. A curva que vemos na imagem é tão famosa que ganhou até um nome próprio, é a Horseshoe Bend, localizada a poucos quilômetros da cidade de Page, no estado do Arizona. 

Massimo Tava - Wikimedia Commons

Rio Douro 

Do centro-norte da Espanha até o mar, o rio Douro cruza e divide Portugal em duas partes - uma menor ao norte e o restante ao sul. Trata-se do principal rio da península Ibérica com 897 km de extensão. Próximo ao mar, separa as cidades portuguesas de Porto (à direita na imagem) e Vila Nova de Gaia.

Rio Whanganui 


A Nova Zelândia é conhecida por possuir paisagens estonteantes. A região banhada pelo Whanganui, maior rio da Ilha Norte, não é diferente. Ele é tão belo e importante que, em uma decisão legal pioneira no mundo, o rio foi reconhecido como uma espécie de pessoa jurídica! 

2000 - Wikimedia Commons

Rio Lewis 


O rio Lewis, no estado norte-americano de Washington, é um rio relativamente curto, com 153 km, que deságua no rio Columbia - o maior da America do Norte. Apesar da pouca extensão, é possível encontrar pequenas quedas d’água que formam paisagens como a que vemos na foto. 

pfly - Flickr (Creative Commons)

Rio Danúbio 


Segundo maior rio da Europa (Volga é o primeiro), o Danúbio se destaca tanto pela natureza quanto pelas cidades históricas que se erguem às suas margens. O rio funciona como fronteira para 10 países do continente. Na imagem é possível ver o parlamento húngaro ao fundo, na passagem do Danúbio por Budapeste. 

Heinz Albers - Wikimedia Commons

Rio Negro 


O maior afluente do Amazonas, o Rio Negro é um verdadeiro mar. De seus 1.700 km de extensão, 720 são navegáveis. Ao desaguar no rio Amazonas, que até o encontro recebe o nome de Solimões, propicia um dos mais incríveis encontros de água do mundo. As águas escuras do rio Negro não se misturam de imediato com as águas barrentas do Solimões. Além do Brasil, o rio percorre também o território da Venezuela e Colômbia. 

Eiwe Lingefors - Wikimedia Commons

Rio Bow 


Importante fonte de água da província de Alberta, no Canadá, o rio Bow tem ao fundo as montanhas rochosas e geladas de onde nasce. Seu nome, que significa 

Msoccer29 - Wikimedia Commons

Rio Verzasca 


30 km de águas cristalinas correndo pelas montanhas - muitas vezes no meio de rochas - na Suíça formam o rio Verzasca. É comum encontrar mergulhadores explorando regiões de águas mais calmas. 

Diriye Amey - Flickr (Creative Commons)

Rio Karnali 


Águas azuladas é a característica mais marcante do rio Karnali, no Nepal. Ele atravessa também áreas da China e da Índia, mas nesses países recebe o nome de Gagara. Tem origem glacial nas encostas dos Himalaias tibetanos, a 3.962 metros de altitude. 

Sherparinji - Wikimedia Commons

Rio Clutha 

Com 338 km de águas azuis, o Clutha é o maior rio da Ilha Sul da Nova Zelândia, e o segundo maior do país. Já em relação ao fluxo de água, ele é o campeão. Por isso, o Clutha é usado tanto para o fornecimento de água quanto para o de energia, com duas hidrelétricas. 

Leoboudv - Wikimedia Commons

Rio Uvac 


Dos seus 119 km de extensão, 10 km formam uma fronteira física entre a Sérvia e a Bósnia e Herzegovina. O trecho serpentinado que vemos na imagem - em território servo - talvez seja o seu mais famoso cartão postal. 

MihailoR - Wikimedia Commons

Rio Amazonas 

Seria praticamente uma afronta encerrarmos essa lista com uma escolha diferente! Segundo maior rio do mundo e extensão, com 6.437 km, e o primeiro em vazão de água, o Amazonas nasce no Peru e percorre um pequeno trecho da Bolívia antes de chegar ao Brasil, onde fica sua maior parte. Mas foi justamente em território boliviano, em região próxima à cidade de Leticia, que foi tirada a imagem que vemos aqui! 

Pedro Szekely - Wikimedia Commons

Mundo MS Inc.

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.