O espetáculo do sol da meia-noite na Noruega

Com dias que não acabam e paisagens deslumbrantes, o sol da meia-noite permite experiências incríveis na Noruega. Saiba mais!

Com um dia lindo lá fora, difícil mesmo vai ser querer dormir​. A solução é aproveitar a energia para explorar os belos cenários naturais iluminados praticamente todas as 24 horas do dia pelo espetáculo conhecido como sol da meia-noite.

Ah, a natureza e seus encantos incansáveis... Uma destas magias proporcionadas pela Mãe Natureza é o sol da meia-noite, um fenômeno que ocorre ao norte o Círculo Polar Ártico e ao sul do Círculo Polar Antártico, durante o verão, quando o sol fica visível por 24 horas nos lugares que fazem parte da região. A Noruega está entre os países abençoados por esta graça e, por isso, se destaca como um destino muito procurado, não apenas por quem quer ter a companhia do sol ao longo de todo o dia, especialmente nos meses que vão de abril a final de agosto, mas também por viajantes em busca de lugares ainda mais incríveis para vivenciar essa experiência.

Para facilitar o planejamento de uma viagem à caça do sol da meia-noite ou simplesmente para se inspirar e despertar a vontade de conhecer as maravilhas norueguesas, listamos hoje 7 lugares imperdíveis no país. Dá uma olhada!

Cabo Norte
Localizado na ilha de Magerøya, ao norte da Noruega, Cabo Norte é iluminado pelo sol durante todo o verão. Apesar de a vista ser ofuscada na costa por causa da neblina, durante algumas horas do dia, o visitante consegue sentir o sol ali, não importa se os ponteiros do relógio marquem uma hora da manhã. Uma vez na região, o roteiro deve ser preenchido com atividades para desbravar os cenários naturais que compõem o Cabo Norte. Vale lembrar que, conhecido como o Topo da Europa, este é o ponto mais próximo da porção mais setentrional do continente europeu.

Ilhas Svalbard
Desde o final de abril até o final de agosto, o sol reina absoluto neste arquipélago norueguês. Isolado no meio do Mar do Ártico, Svalbard desafia o viajante já no início da viagem, que pode ser definida como uma jornada, já que é preciso voar durante 4h30, a partir de Oslo, ou cerca de 2 horas, saindo de Tromso, o que pode espantar os menos aventureiros. Depois de encarar o longo percurso, porém, não haverá nenhum arrependimento. O conjunto de ilhas permite maravilhas como os encontros com ursos polares durante passeios guiados nas geleiras. O portão de entrada para este refúgio natural congelante mesmo no verão é a cidade de Longyearbyen em Spitsbergen, onde fica o aeroporto de Svalbard.

Bodø
O período do sol da meia noite dura pouco tempo em Bodø: o fenômeno pode ser observado apenas durante os meses de junho e julho. Com 50 mil habitantes, o destino recebe os visitantes com uma temperatura mais agradável nesta época do ano. Assim, é possível divertir em suas praias ou mesmo desbravando outros cenários naturais que embelezam a cidade. No mar, acontecem atividades náuticas como caiaque ou mergulho.

Tromsø
O mais urbano dos destinos onde é possível admirar o sol da meia-noite na Noruega, Tromsø abriga em média 60.000 habitantes, que dividem, hospitaleiramente suas atrações com os visitantes. Bares, restaurantes, universidade e uma cervejaria estão entre as possibilidades que dão vida ao conjunto arquitetônico de estilo bem particular. Os cenários naturais podem ser desbravados com a ajuda de agências encontradas no centro da cidade, responsáveis por organizar passeios realizados a qualquer hora do dia – lembrando que não há noites em Tromsø durante todo o verão.

Ilhas Lofoten
Apesar de estar localizado no Círculo Polar Ártico e a despeito da sua elevada altitude, o arquipélago passa por uma das maiores variações climáticas no mundo todo, o que lhe garante estações bem definidas. No verão, o sol intenso e constante revela o verde de suas paisagens naturais, descortinando ainda a beleza de seus famosos fiordes – brancos de neve no inverno e vivamente verdes no verão. É possível visitar o conjunto de ilhas de carro ou ônibus, graças à presença de pontes e balsas que levam os visitantes até às pequenas e tradicionais ilhas pesqueiras. O dia não acaba na região durante o período que vai do final de maio a meados de julho.

Hurtigruten
A imagem mais famosa da região de Hurtigruten é formada por barcos sobre as águas e entre alguns dos mais belos fiordes noruegueses. Isso porque os cruzeiros são os meios preferidos entre os viajantes que querem explorar as maravilhas naturais da região. Muitos roteiros fazem escalas em cidades ao longo do caminho e, para quem quer ver sol mesmo à noite, a dica é parar nas cidades mais ao norte, onde a luz solar molda de um jeito único tanto os fiordes quanto as montanhas e as cidades costeiras. 

Que tal o desafio de partir em uma expedição à caça do sol da meia-noite na Noruega? Deixe suas dicas e opinião em um comentário!

Multimidia Info

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.