Quantidade de gelo marinho no inverno é a menor desde 1979

Ártico: quantidade de gelo marinho é a menor em 36 anos


Karen Carneti, de INFO Online

Cientistas do National Snow and Ice Data Center (NSIDC) acreditam que a quantidade de gelo marinho no Oceano Ártico teve seu nível mais baixo para um inverno em fevereiro. O gelo normalmente atinge seu ponto alto entre fevereiro e março, já que expande com temperaturas mais frias. Mas, de acordo com os últimos dados do NSIDC, o ponto máximo deste ano foi o mais baixo desde 1979. 

Segundo o NSIDC, é difícil identificar o ponto exato de alta por conta da variabilidade em tendências sazonais. Aparentemente, o gelo do Ártico chegou ao seu ponto alto em 25 de fevereiro, quando cobriu 14,5 milhões de quilômetros quadrados – 130 metros quadrados a menos do que a máxima mais baixa para um inverno, em 2011. 

O órgão também disse que, ao longo das próximas duas a três semanas, períodos de aumento ainda são possíveis. "No entanto, parece improvável que poderia haver um crescimento suficiente para superar o ponto alcançado em 25 de fevereiro", afirmou. 

O gelo de todos os mares teve um recorde de baixa em 2012, e o NSIDC indica que essa máxima mais baixa deste ano é provavelmente devida a padrões de vento incomuns que levaram a condições mais quentes ao longo do lado do Pacífico do Ártico. 

Uma análise mais abrangente sobre o gelo dos mares no inverno 2014-2015 será lançada pela NSIDC em abril, depois da coleta dos dados de março.

Multimidia Info

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.